HOME BANCA DE NOTÍCIAS CLIENTES CONTATO CADASTRE-SE JORNALISTA
Busca Rápida



Categorias


MASSAGENS PROMOÇÃO BAIXA TEMPORADA TERCEIRA IDADE BOTOS TORIBA ECO RESORT ÓPERA ESPAÇO ROYAL PÉ NA AREIA CONDÉ NAST PÁSCOA, BAHIA SUL DA BAHIA HAROLDO CASTRO TURISMO CRIANÇAS TRIPADVISOR DELTA DO PARNAÍBA KITESURF CIROUS CHRISTI, JERICOACOARA PORSCHE 356 MOUNTAIN BIKE VELA ANAVILHANAS DOWN HILL FERNANDO DE NORONHA


Artistas com obras expostas e à venda no Espaço LuzAzul Arte & Design da Mantiqueira em Campos do Jordão (SP)

06/05/2018

A LuzAzul é o único espaço (fora o ateliê) onde podemos encontrar as delicadas peças em madeira de Eduardo Miguel. Premiado no exterior (a famosa Pipa em madeira recebeu prêmios no Japão, Itália e Brasil), Eduardo transforma resíduos em arte e está presente em mais de 70 países com seus móveis e objetos sem nenhum prego ou parafuso. Tudo encaixado com palitos hashi cuidadosamente trabalhados. Patos, joaninhas, beija-flores em madeira reciclada são de uma delicadeza extraordinária.

Morito Ebine é outro mestre da madeira presente na LuzAzul. Nasceu no Japão, foi para Santo Antônio do Pinhal (SP) após casar com uma brasileira e, desde então, seu trabalho encanta a todos com móveis artesanais feito com a técnica milenar de encaixes sem pregos ou parafusos. Ebine encanta os visitantes com seus móveis que respeitam a madeira, muito confortáveis e duráveis.

Outro morador da Mantiqueira que ganhou o mundo é André Marx com sua “arte utilitária”. Suas peças, bancos e mesas, luminárias, aparadores, nos mostram o valor da madeira onde o design se encontra no limite da arte. Foi o primeiro designer da América Latina a receber o selo verde de certificação por cadeia de custódia FSC (Forest Stewardship Council) de gestão sustentável.

André Wagner, outro artista premiado por suas luminárias na Alemanha e pelo Museu da Casa Brasileira. Há 4 anos montou uma marcenaria em Santo Antonio do Pinhal (SP) de onde saem delicadas esculturas, móbiles e objetos de madeira como graciosas gaivotas, barcos, peixes que se movimentam. A produção é limitada e algumas peças são únicas.

Paulo Bustamante, artesão desde os 18 anos, vive em Gonçalves (MG) e é um apaixonado pelo bambu. Idealizador da “A Bambuzeria” desenvolve atualmente uma linha de luminárias com design exclusivo extremamente criativo. Em 2011, suas obras estiveram expostas no Reino Unido.

Em Gonçalves, sul de Minas Gerais, também vive Cynthia Gavião, ceramista e dona do Atelier Papegilla, onde a artista cria peças utilizando a técnica de paperclay, massa de cerâmica elaborada a partir da reciclagem de argilas e papéis. As peças de Cynthia, utilitários, objetos de decoração, impressionam pela delicadeza e ao mesmo tempo resistência.

Ana Starling é designer gráfica, ilustradora e artista plástica. E é com uma poética visual inconfundível que Ana leva design, arte e poesia a crianças de todas as idades com seus personagens da marca Ufa Mulufa. Ao lado do marido (Roberto) Ana, que mora em Santo Antônio do Pinhal (SP), produz artesanalmente edições originais de cadernos, livros (escritos por ele), gravuras, brinquedos e muitas outras coisas mais.

Gabriela Rossi é autodidata e suas luminárias de papel de fibra vegetal com cores e texturas únicas são comercializadas em todo o Brasil e exportadas pera os EUA e diversos países da Europa. Os objetos enchem de cores o ambiente e, segundo Gabriela, são resultado de um processo “que traz a manifestação de tempos remotos, sem deixar de lado a expressão moderna de design, acentuada pela presença do valor humano”. Cidadã do mundo, hoje vive em Santo Antônio do Pinhal (SP).

Moradora de Campos do Jordão (SP) há mais de 10 anos, Mari Katarivas cria peças únicas através de um processo milenar (glass fusing), onde o vidro é aquecido ao ponto de fusão e diferentes texturas e cores são mescladas para dar origem a peças cheias de cores e personalidade.

Heloisa Zorovich também fez o caminho da maioria dos artistas da Mantiqueira trocou São Paulo pela região, mais precisamente Santo Antonio do Pinhal (SP). Designer e arquiteta de formação, explora a pintura em vasos. Apaixonada por plantas, seu trabalho é, segundo ela própria, “ um encontro da metrópole com o lugar que escolhi viver, a Mantiqueira. Vasos coloridos que se unem à vegetação, celebrando esse caminho.”

Jovem artista, Rafael Mifano, morador de Gonçalves (MG), faz esculturas usando como ferramenta um instrumento “impensável”, uma motosserra. Um dos poucos artistas no Brasil a se especializar nessa arte, Rafael surpreende com suas esculturas super detalhadas e cheias de expressão. “Meu trabalho nasce da madeira tombada que é minha matéria prima. Atuo apenas como instrumento dessa transformação, fazendo com que a madeira tome vida novamente como obra de arte”.

A artista Rizzi Tani e seu Jardim de izziR chegaram há 4 anos em Santo Antônio do Pinhal (SP) em busca de um contato maior com a natureza e proporcionar uma infância melhor ao filho. Artista de cores e formas étnicas, Rizzi pinta coloridas mandalas cheias de delicados detalhes e efeitos geométricos. A maioria tem como referência tradições folclóricas milenares.

Mãostiqueiras - projeto criado por Juliana Müller Bastos em Campos do Jordão (SP) tem como objetivo valorizar a arte manual, o resgaste dos métodos tradicionais de produção e gerar renda para a comunidade. Desde o inicio de 2017, Juliana recebe a lã natural da tosquia das ovelhas da região de Campos do Jordão que antes era jogada fora. E, dessa lã 100% natural, as mulheres da comunidade criam lindas peças de decoração em tricô, crochê e tear como almofadas, mantas, cachepôs e outros.

Ermelinda Belli, moradora de Campos do Jordão (SP), é designer e suas bijouterias ecológicas são únicas. A matéria prima vem da natureza, galhos, sementes, cascas, folhas, pedras, e tudo o mais que chama a atenção da artista. Utiliza várias técnicas agregando as peças, feitas uma a uma, sustentabilidade e um consumo consciente.

Marisa Coli Mouallem - autodidata, participou de várias exposições e coleciona prêmios. É apaixonada por papéis em fibras naturais e em seu ateliê em Itajubá (MG) plantou sementes da planta japonesa Kozo que produz um dos melhores papéis do mundo. É essa planta que fornece as fibras que são transformadas pela artista em belas e delicadas obras de arte.

Konstantin Duran Kedor, o mais novo artista da Mantiqueira, apenas 10 anos, vive desde 2010 em Santo Antônio do Pinhal (SP) e descobriu a paixão pela pintura na escola Lumiar Internacional. Tintin (como é conhecido) fez aula de desenho com o artista americano David Kim e hoje expõe e vende seus desenhos abstratos e de paisagens em aquarela, guache e tinta acrílica na LuzAzul.


    
Veja todas as fotos


Últimos Releases



Contato

Silvana Pereira
silvana@bancadenoticias.com.br
(011) 2528 0925
(011) 98274 1238

© 2018 - Banca de Notícias. Todos os direitos reservados.